Amai os vossos inimigos

Avaliar esse item
(10 votos)

Como explicar o paradoxo da antiga lei: “amar o próximo” e “aborrecer o inimigo”? O amor ao inimigo ainda é um ensino chocante? A prática do amor ao inimigo pode ser graduada em etapas? Quais são as recompensas prometidas por Jesus? É factível o “sede perfeitos”? Antônio Honório de Abreu. (Entrevista realizada em 04/09/2009)

Informações Adicionais

Antônio Honório de Abreu

Antônio Honório de Abreu

Naturalidade: Belo Horizonte - MG
Instituição Espírita: Grupo Espírita Os Mensageiros
Atuação: Coordenador do Departamento Estudo Minucioso do Evangelho

Últimas de Antônio Honório de Abreu

Itens relacionados (por tag)

voltar ao topo