Primeiro livro de Allan Kardec traduzido para o Brasil

  • PDF


Diferentemente do que muitos possam pensar, O Livro dos Espíritos não foi a primeira obra escrita por Allan Kardec a ser traduzido integralmente para a língua portuguesa. Em 1862,  foi lançado o opúsculo O Espiritismo na sua mais simples expressão – Exposto summario do ensino dos espiritos e das suas manifestações. Esse livreto, traduzido por Alexandre Canu com a permissão do Sr. Kardec, continha aproximadamente 35 páginas, sendo dividido em três partes: 1ª) Histórico do Espiritismo; 2ª) Resumo do ensino dos espíritos e 3ª) Máximas extraídas do ensino dos espíritos. Seu principal objetivo foi a disseminação da nova doutrina aos diversos cantos do mundo, inclusive o Brasil. O sucesso dessa tradução para o português foi tamanho que o próprio autor fez o seguinte comentário na edição de julho de 1864 da Revista Espírita:

“Constatamos com satisfação que a ideia espírita faz sensíveis progressos no Rio de Janeiro, onde conta expressivo número de representantes, fervorosos e devotados. A pequena brochura ‘O Espiritismo na sua expressão mais simples’, publicada em português, muito contribuiu para ali espalhar os verdadeiros princípios da doutrina.” (Revista Espírita, 1864 – FEB)

Atualmente, o livreto O Espiritismo na sua mais simples expressão pode ser encontrado no site da Bibliothèque Nationale de France (Biblioteca Nacional da França), disponibilizado gratuitamente em um arquivo digitalizado da sua versão original. Seu acesso encontra-se no endereço eletrônico:

http://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k8504604.r=espiritismo.langPT. Versões mais recentes podem ser encontradas nas editoras FEB e EDICEI.