Na casa de meu Pai há muitas moradas...

  • PDF

Embora o raciocínio induza-nos a concluir que existam muitos planetas com vida inteligente e em diversos estágios de evolução disseminados no Universo, frequentemente surge a questão de que a forma dos corpos dos habitantes destes mundos poderá ser bem diferente da forma humana.

Esta é a posição da Espiritualidade que responde às questões 56 e  57 de O Livro dos Espíritos, como se lê:

56. É a mesma a constituição física dos diferentes globos?
“Não; de modo algum se assemelham.”

Isso é verdade e até mesmo em nosso sistema solar verificamos tal diversidade, onde alguns planetas, como Júpiter, são gigantes gasosos enquanto outros apresentam uma atmosfera repleta de gases tóxicos e amônia.

57. Não sendo uma só para todos a constituição física dos mundos, seguir-se-á tenham organizações diferentes os seres que os habitam?
“Sem dúvida, do mesmo modo que no vosso os peixes são feitos para viver na água e os pássaros no ar.”

Entretanto, o homem não vive na água e nem no ar, ou seja, a existência do homem está condicionada a certos padrões do ambiente. O que os Espíritos que responderam Kardec provavelmente quiseram dizer é que, supondo-se a existência de um globo cuja superfície fosse completamente recoberta pela água e em lá existindo vida, com certeza esta  seria semelhante aos nossos peixes. Isso, entretanto, não significa que em tal condição os peixes seriam os seres inteligentes do planeta, uma vez que a sua forma  não permitiria um desenvolvimento cerebral adequado aos propósitos evolutivos. Para desenvolver-se no planeta, a criatura deverá dominar o seu ambiente e ser capaz de trabalhar, desenvolvendo a inteligência. Membros, força e habilidades diversas são necessários para que as metas da evolução sejam alcançadas.

Se a constituição dos globos não é a mesma, a dos corpos que habitam cada um deles não poderá ser a mesma. Surge então outra questão: nos globos de constituição muito diferente da Terra, haveria vida superior inteligente? Certos parâmetros necessários à vida superior e inteligente deverão existir e provavelmente serão os mesmos, com pequenas variações, em todos os globos que abriguem as muitas humanidades do Universo.

A tal respeito vejamos item 56, na parte II do Livro dos Médiuns.

"Com pequenas diferenças quanto às particularidades e exceção feita das modificações orgânicas exigidas pelo meio em o qual o ser tem que viver, a forma humana se nos depara entre os habitantes de todos os globos. Pelo menos, é o que dizem os Espíritos. Essa igualmente a forma de todos os Espíritos não encarnados, que só têm o perispírito; a com que, em todos os tempos, se representaram os anjos, ou Espíritos puros. Devemos concluir de tudo isto que a forma humana é a forma tipo de todos os seres humanos, seja qual for o grau de evolução em que se achem."

José Arthur de Oliveira

Mais Recentes